Rugby Youth Festival: A Festa do Râguebi Jovem em Portugal

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

O Rugby Youth Festival (Festival da Juventude do Râguebi) é um daqueles eventos que deveria orgulhar Portugal e que, todavia, parece passar despercebido na comunicação social. Trata-se de um encontro de jovens jogadores de râguebi (categorias sub-13, sub-15, sub-17 e sub-19) de vários países que, durante dois dias, fazem de Lisboa uma espécie de capital mundial do râguebi jovem. A edição de 2016, que decorreu no início de abril, contou com nada menos que 2000 jogadores e 18.000 espetadores a assistir aos jogos.

Tratou-se da oitava edição do festival, que começou em 2009. O festival é um verdadeiro hino às capacidades de Portugal a fazer uma das coisas que faz melhor, e na qual é dos melhores países do mundo: receber pessoas. É um país seguro, com bons níveis de organização (capacidade tanta vez desprezada entre os portugueses) e que faz os estrangeiros sentirem-se em casa – isto sem contar com o clima. Uma vez que grande parte dos jogadores vêm da Europa do Norte, trata-se de um curto voo de avião para encontrar um país hospitaleiro e a já agradável primavera de Lisboa.

O festival é de tal forma bem sucedido que ninguém se lembra que o râguebi não é um desporto profissional ou de grandes raízes em Portugal, pelo menos em comparação com o futebol. O treinador Pete Glackin, do Henley College, em entrevista ao site “Rugby World”, reiterou a sua satisfação por estar no Rugby Youth Festival pela segunda vez e pela forma como tudo funciona bem.

O torneio serviu-se dos oito campos disponíveis no Estádio Universitário de Lisboa. Os vencedores foram os seguintes:

  • Sub-13: CF Os Belenenses, vencendo o Agronomia na final por 2-1
  • Sub-15: Bristol (Inglaterra), ao bater o CDUL por 14-10.
  • Sub-17: CDUL, ao vencer os vizinhos da Linha, o GDS Cascais, por 8-3. Os jovens desta categoria foram brindados por um potente aguaceiro, típico da primavera.
  • Sub-19: Crawshays Youth (País de Gales), que “esmagou” o Myerscough College (Inglaterra) por 31-0 no jogo decisivo.

Deixar uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *